Rádio AD On Line...

terça-feira, 7 de setembro de 2010

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Como Billy Graham Define a Igreja

"A igreja não é o lugar para se promoverem programas, mas professar a fé. A igreja não deve ser maleável, mas fundada em princípios. A igreja não é para estar preocupada, mas viver em vigor. A igreja não é perfeita, mas predestinada. A igreja não é filosófica, mas pré-determinada. A igreja não faz pressão ou conspurca, mas pronuncia e protege. A igreja não espolia os perdidos, mas ora pelos que estão perecendo. A Igreja não polui a mente, mas provê alimento para a alma. A igreja não profana a verdade; ela possui a Palavra de Deus. A igreja não é passiva ou progressiva; ela é purificante e possessiva. A igreja não deve refletir a cultura pop, mas retratar bons atributos. A igreja não deve procurar os prazeres, mas buscar a Deus. A igreja nada deve promover, mas pregar apenas a Cristo. A igreja não deve ser arrogante, mas principesca – somos filhos do Rei. A plataforma do púlpito não é um playground, mas um lugar de proclamação. A igreja não deve refletir o mundo, mas ser um retrato de Jesus Cristo. A igreja não é uma instituição pública – Cristo a comprou com o seu sangue purificador. A igreja não trabalha para o seu próprio lucro; ela é possessão inestimável de Cristo. O púlpito da igreja não é suporte para um político, mas o lugar do pregador. E, finalmente, a igreja é um lugar para orar por aqueles que não conhecem Cristo e adorar o Salvador por abrir um caminho para a salvação se eles apenas crerem".